Impermeabilização – Telas Betuminosas SBS e APP

As membranas APP são obtidas por recobrimento de uma ou duas armaduras com uma mistura betuminosa modificada, por incorporação de uma resina plastomérica, enquanto que nas membranas SBS esse recobrimento é feito por uma mistura modificada por incorporação de uma resina elastomérica. As armaduras das membranas deste tipo são normalmente de poliéster ou de fibra de vidro.

São utilizadas em sistema aderentes, semiaderentes e independentes. Embora admissível a utilização de uma camada única em coberturas de acesso pedonal limitado, devem de um modo geral ser aplicadas duas membranas.

O processo mais usual de aplicação é a soldadura a quente. Assim, quer a ligação das membranas ao suporte quer a ligação das membranas entre si, por sobreposição, é feita daquele modo. A sobreposição das membranas aquando da sua colocação em obra, é sempre maior no sentido transversal do que no sentido longitudinal. Os valores usuais para as sobreposições são cerca de 7 a 10 cm para as juntas longitudinais e aproximadamente 15 cm para juntas transversais.

Quando são aplicadas duas camadas, a aplicação poderá ser cruzada ou paralela. Neste último caso, as juntas de cada camada devem ficar desencontradas, de modo a que a distância entre elas não seja inferior a 10 cm.

 

Impermeabilização -Telas PVC

As membranas de PVC são obtidas a partir de PVC, plastificantes, pigmentos e cargas. São fabricadas por calandragem, laminação ou extrusão. São formadas pela sobreposição de duas ou mais películas (com 0,85 mm), com ou sem armadura (em poliéster ou fibra de vidro). A armadura contribui para a minimização das retracções das membranas, e para a estabilização dimensional das mesmas, quando sujeitas a acção do calor. A ligação das membranas de PVC entre si, faz-se por soldadura com ar quente ou utilizando solventes.

Relativamente aos remates das membranas contra elementos emergentes e imergentes da cobertura, utilizam-se produtos de colagem com base em solventes orgânicos, tais como as soluções de borracha de nitril em acetona, ou colas com base em neoprene. Só quando estamos em presença de coberturas de acessibilidade limitada, é possível a utilização de uma só camada. Estes sistemas são em geral independentes do suporte.

No caso das membranas de PVC, as larguras de sobreposição de membrana aquando da aplicação são bastante menores que no caso das restantes soluções. No caso da ligação por soldadura com ar quente, o valor habitual para a sobreposição é de 40 mm. No entanto, existem membranas que admitem valores de 20 e 30 mm. Se a ligação for executada por colagem com base em solventes orgânicos, a largura da faixa de colagem anda na ordem dos 30 mm.

 

[tagline_box backgroundcolor=”#fff” shadow=”yes” border=”1px” bordercolor=”#e8e6e6″ highlightposition=”top” link=”http://www.impermachado.pt/contactos/” linktarget=”_self” buttoncolor=”” button=”Contacte-nos!” title=”Necessita de mais informações acerca deste ou de outros produtos e serviços?” description=”Fale connosco hoje mesmo e solicite-nos um orçamento gratuito. Temos a solução ideal para si.” animation_type=”slide” animation_direction=”right” animation_speed=”0.4″][/tagline_box]